futebol educado
21 de setembro de 2007
Há três semanas, o jogo entre o Nottingham Forest e o Leicester foi interrompido porque um jogador se sentiu mal em campo. O Forest vencia por 1-0. Esta semana, a Liga marcou nova partida entre as duas equipas. E aqui é que entra a boa educação inglesa: a equipa do Leicester decidiu deixar o Forest marcar o golo que supostamente tinha na partida que fora interrompida. Podia aproveitar-se do facto do jogo ser repetido e começar tudo de zero. Mas não, teve a boa educação e o fair-play de repor a justiça, com o Nottingham Forest a vencer... deixaram o guarda-redes deles correr pelo campo fora, a ser saudado por todos os jogadores, e marcar o golo que lhes pertencia. Pronto, os tipos do Leicester acabaram por não perdoar durante o jogo e ganharam 3-2, mas o que conta é a intenção...
Ora isto faz-me pensar que em Portugal isto nunca aconteceria. Os portugueses não têm mentalidade para isto. Se algo do género acontecesse aqui, havia logo canelas partidas para impedir os tipos de repetir a façanha. Portugal tem muito que aprender. Há aquela expressão que diz “...para inglês ver”. Neste caso é mais para português ver. Levanto-me e bato palmas.
1
what people said?
1 comment(s)
Blogger Celso 26/9/07 16:31
O futebol ingles eh o melhor do mundo e talvez mesmo do universo. Quanto ah educacao inglesa, estah patente nao soh no futebol, mas em toda a sociedade. Aos Portugueses faltam os bons costumes e as boas maneiras. Falta pedir desculpa quando se dah um encontrao a alguem na rua. Falta aceitar os outros como sao. Mas sobretudo, ha uma grande falta-de-educacao.

 

post a comment!